João Adolfo Guerreiro

Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.

Meu Diário
27/03/2017 18h01
Tchau, seringueira

Ela deu sombra para muita gente durante décadas, viu prédios serem erguidos e demolidos no local e, desde domingo, não existe mais. Quando o comércio hoje ali instalado igualmente não mais existir, tal qual todos os outros que lhe antecederam, quem vai ser testemunha da memória das pessoas sobre o local, a principal esquina da cidade? Nem sombra!

A esquina ficou mais feia, mais triste, mais humana. Vida longa para o supermercado.

Foto: Cauê Florisbal


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 27/03/2017 às 18h01

Site do Escritor criado por Recanto das Letras