João Adolfo Guerreiro

Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.

Meu Diário
13/10/2019 22h47
Santa Dulce dos Pobres, a santa do Brasil.

Hoje, como brasileiro, acordei às cinco da matina para acompanhar a canonização da Irmã Dulce, "O Anjo Bom da Bahia". Um momento histórico para nosso pais, o país mais católico do mundo. Um trabalho maravilhoso fez esse grande ser humano pelo próximo, por amor, seguindo sua fé em um Deus de misericórdia, caridade, amor e justiça, Foi emocionante assistir. Um grande exemplo para o nosso país.

No dia seguinte ao Dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, durante o Sínodo pela Amazônia, o papa Francisco, que é argentino, canonizou a primeira pessoa nascida no Brasil, que agora é a Santa Dulce dos Pobres, santa do Brasil e do mundo.

Não sou católico, mas acompanho muito de perto a Igreja Católica devido a meus familiares o serem. É uma religião que, principalmente no atual papado, tem feito uma firme opção pelos pobres e pelo meio ambiente, em suma, por todas as formas de vida da criação, constutuindo-se num diferencial positivo. Assim, é com imenso respeito e admiração que parabenizo a todos os católicos por Santa Dulce dos Pobres, santa dos brasileiros. 


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 13/10/2019 às 22h47
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras