Textos

Vingança
Casal dormindo. Ele ronca. Ela resmunga.
- Pedro, pára de roncar.
Ele ouve, mas faz de conta que não. Orgulho e vaidade.
Ela fica quieta e imóvel, como se não tivesse dito nada. "Tomara que ele não tenha escutado" - pensa.
Numa outra noite, repete-se a cena. Ela, agora alerta, resmunga novamente.
- Jair, meu amor, pára de roncar que eu quero dormir.
- Maria.. Não me incomoda...
Foi a vez dela fazer de conta que não ouviu.
Ele sorri para dentro, permanecendo quieto e imóvel. "Ah Flávia, é ruim ouvir o nome da ex do parceiro, né?" - pensa.
Está vingado!
João Adolfo Guerreiro
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 14/09/2006
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr