João Adolfo Guerreiro
Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
30/10/2011 20h28
VII Sarau encerra com debate sobre rumos da literatura local

Na sexta-feira à noite a ASLIC e a Secretaria de Cultura resolveram substituir o Sarau Musical pela realização da Conferência de Cultura, que não havia sido realizada na segunda devido a problemas de energia elétrica na Biblioteca Municipal.

Os trabalhos iniciaram com a apresentações musicais.

Após os literatos presentes avaliaram as atividades literárias em Charqueadas a partir da Iª Mostra Literária, de 1998, passando pela Conferência de Cutura de 2005 (que lançou a Carta da Literatura), pelas demais edições da Mostra Literária, do Sarau Literário e o trabalho da ASLIC desde 2006, quando foi criada.

No intervalo, regado a refrigerante e salgadinhos, cortesia da ASLIC, foram entregues flores pela mesma e pela Secretaria de Cultura para a patronesse do VII Sarau Literário de Charqueadas Cláudia Gelb, além da outras apresentações musicias.

Na segunda parte dos trabalhos foram propostas ações futuras da ASLIC, envolvendo o Sarau, a Mostra e outras atividades.

CAFÉ LITERÁRIO

Um Café Literário ficou marcado para o dia 26 de novembro, às 18 horas, na praça de alimentação do Solar Shopping.

RESUMO DO VII SARAU

O VII Sarau Literário procurou valorizar os espaços locais de cultura, pois dessa vez, além da exposição de textos no Solar Shopping, também expomos no Museu de Arte e História de Charqueadas - MAHC e na Biblioteca Municipal prof. Vera Gauss. Nesse mesmo sentido, atividades foram descentralizadas, como a Conferência na Biblioteca Municipal e a palestra de Saldino Pires no Memorial ao Mineiro.

Uma outra atividade paralela foram os bate-papos com escritores locais nas escolas Thietro Pires, Maria de Lourdes e Cruz de Malta, uma idéia a ser aprofundada no próximo Sarau.

Mesmo com os problemas que tivemos devido ao pouco material entregue para divulgação do Sarau (50 cartazes e 300 panfletos entregues uma semana antes do evento!!!) e com as chuvas torrenciais que caíram na segunda e na terça, o Sarau levou as suas atividades um público direto de 620 pessoas (sem contar o público das exposições, não mensurado), o que confirma a força e a viabilidade do evento junto à comunidade local.

Exporam textos no VII Sarau os literatos Juliano Domingues, Daynor Lindner, Noêmia Santos, Joana Guerreiro, Rosilane Rocha, Luciano Domingues, Carlos Guedes, Escola Maria de Lourdes, Antônio Bacamarte e Rejane Barczak.

BATE-PAPO NA ESCOLA THIETRO

Nesta terça-feira as literatas Rosilane Rocha e Joana Guerreiro farão um bate-papo com o escritor na escola Thietro A Pires, no turno da manhã, em atividade solicitada pela escola durante o VII Sarau.

 


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 30/10/2011 às 20h28
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.